domingo, 22 de agosto de 2010

LIMPEZA DO FÍGADO, VESÍCULA e RINS - Sintomas e sequencia correta - Livros Hulda, Padre Kneipp e outros

Senti a importância de fazer esse texto pois percebi que várias pessoas estão fazendo as limpezas de fígado e rim sem antes se desparasitarem e fortalecerem o sistema. Até onde entendo não é bem por aí o caminho.
Se não quiser ler sobre o SISTEMA DIGESTIVO vá direto ao FÍGADO (está no meio deste texto)

SISTEMA DIGESTIVO
Boca
Estômago
Intestino Delgado - O intestino delgado ve sido muito pesquisado e ficou conhecido como nosso segundo cérebro. Bem interessante !!!
Intestino Grosso

Num resumo: O aparelho digestivo tem 3 funções principais
DIGERIR - ABSORVER - ELIMINAR

A digestão ocorre na boca, estômago e intestino delgado (onde acontece a absorção dos nutrientes). Quando não estamos com as células aglomeradas devido a bactérias. A eliminação dá-se através do intestino grosso.

OUTROS ÓRGÃOS ASSOCIADOS AO SISTEMA DIGESTIVO
Fígado - bilis
Pâncreas - produz a maioria das enzimas digestivas. Quando sobrecarregado ou danificado por vírus, vacinas, alcool propílico ou por cálculos biliares que bloqueiam o canal pancreático, a digestão fica seriamente comprometida.

Os alimentos não digeridos ou mal digeridos podem permanecer no intestino fermentando ou entrando em putrefação.

Vamos lá.... DISBIOSE : Acontece quando o número de bactérias nocivas como o estafilococo ou os fungos como, por exemplo, a candida albicans estão em grande quantidade e ocasionam a destruição das bactérias benéficas. Essa frase já explica o que muitos perguntam
Se o Zapper Saúde extermina as bactérias ele tb. não extermina as boas. Pois é ...
Na pág 20 e 21 do livro " Cura para todas las Enfermidades" Dra. Hulda coloca:
As boas bactérias se tornam negativas se saem do intestino pela parede intestinal.O Zapper saúde extermina essas bactérias e como boa notícia os hábitos intestinais melhoram bastante em poucos dias. Evidentemente as boas bactérias se beneficiam com o extermínio das invasoras.

Essa destruição das bactérias benéficas acontece muito mais pelo uso de drogas: como antibióticos, pílulas. Pelo estresse. Por dietas desequilibradas ...

A DISBIOSE é, no fundo, um desequilíbrio ecológico no aparelho digestivo.

SÍNDROME DO INTESTINO PERMEÁVEL
O revestimento que envolve o tubo digestivo leva o nome de barreira mucosa.
Essa barreira impede a entrada de substâncias estranhas para a corrente sanguínea. Ou, a saída de substâncias estranhas, tipo bactérias, fungos etc do intestino para o plasma.
Se esta barreira ficar inflamada ou danificada torna-se permeável, permitindo que alimentos não digeridos ou mal digeridos, bactérias, fungos, substâncias químicas tóxicas que estão nos alimentos ( e não são poucas ... de uma olhadinha na composição de uma simples gelatina. E que mais eles colocam? Afinal nem todos os ingredientes aparecem, penso eu, senão todo mundo saberia fazer uma Coca Cola).

Continuando .... com a barreira danificada eles entram na corrente sanguínea causando uma série de problemas de saúde. Afinal estão no lugar errado, né? Segundo as pesquisas da Hulda esses microorganismos abaixam nossas defesas e as doenças mais sérias acontecem porque esses microorganismos se infiltram nos órgãos. Exemplo: Vc. tem uma febre, toma um antibiótico...os microorganismos se escondem dentro dos órgãos que é um   local que não tem nada a ver com eles.
Algumas:
-alergias alimentares
-Doença Celíaca
- Doença de Crohn
- Doenças auto imunes: asma, atopia, espondilite anquilosante, psoríase, síndrome de Reiter, artrite reumatóide, autismo infantil...
(John McKenna pág 22)

Dra Hulda coloca que quando começamos com muitos processos alérgicos é porque já estamos com muitas bactérias no corpo.
Os 4 princípios de tratamento são:
1- Não alimentar os microorganismos nocivos ( pág 79 - McKenna).
2 - Eliminar os microorganismos nocivos - no caso aqui utilizamos o Zapper com resultados rápidos e positivos.
3- Reposição de bactéria benéficas
4- Reposição dos nutrientes faltantes.

FÍGADO
Além de organizar os nutrientes o fígado tem a função de organizar tudo o que é tóxico para o organismo.
Imagine o nível da toxidade quando os alimentos começam a fermentar ou a entrar em putrefação no intestino delgado.
Esse nível de toxidade vai sobrecarregando o fígado a medida que ele tenta neutralizar estas substâncias.
O fígado tem uma capacidade limitada se a carga é muito grande, as toxinas vão direto para a corrente sanguínea ( depois de circular pelo corpo o sangue é filtrado pelos RINS - veja como tudo está interligado) .
Bom...elas vão para a corrente sanguínea causando danos em outras partes do corpo, inclusive ao próprio fígado que inflama e fica incapaz de desempenhar suas funções.
Nessas alturas da leitura vc. pode estar pensando: Por isso preciso fazer as limpezas do fígado.

Mas, sem tratar o sistema digestivo ,deixando ele limpinho sem microorganismos, sem diminuir as TOXINAS, sem reequilibrarmos o sistema ...  vamos continuar na mesma. Fazendo inúmeras limpezas de fígado (que já está cansado) e irritando o APARELHO URINÁRIO (rins e bexiga). Conheci várias pessoas que fizeram inúmeras limpezas de fígado. Uma delas ...mais de 25, uma pessoa extremamente alérgica (alergia até de perfumes e materiais de limpeza). Parou, fez a sequência recomendada pela Hulda e hoje já está MUITO melhor.

As toxinas da alimentação e a toxinas provenientes dos microorganismos que já estão conosco (somos hospedeiros- hotel de primeira) já estão sobrecarregando o nosso fígado e os rins. 

Some a isso parasitas, fungos, vírus e bactérias que habitam o nosso corpo vindos de outras fontes: animais da rua, animais de estimação (segundo a Hulda animais que vivem conosco tb devem ser zappeados), o ar que respiramos, ambientes úmidos ( fungos), fezes dos cupins de móveis de madeira (altamente tóxicas), ar condicionado ....por aí vamos e não tem como fugir. A menos que cheguemos a um ponto onde a doença nos leve a optar pela simplicidade de uma chácara, por exemplo, com alimentos hiper saudáveis, sol, água pura...
Num resumo do resumo coloco aqui a minha maneira de ver...antes de uma limpeza de fígado ou rim esteja pronto para fazê-la. Nada legal entrar numa briga enfraquecido, né?
Desejando TUDO de BOM

LUZ e PAZ Helô

No livro É Preciso ter Estômago- John McKenna - Ele coloca sobre a Digestão e sobre o INTESTINO DELGADO.  
Muito interessante a colocação da permeabilidade do Intestino Delgado. Fica bem claro o porque do retorno das bactérias, fungos, etc...em nosso plasma no dia a dia. Após ler esse livro e pesquisar sobre acredito que antes de fazer essas limpezas devemos tratar essa impermeabilidade.
O correto é termos uma impermeabilização nas paredes do intestino delgado.Após esse tratamento ( que é simples) fazer as limpezas de rim e fígado.

Pessoalmente acredito que a sugestão primeira é reforçar o sistema imunolócico ( 3 meses de uso do zapper geram uma limpeza em mais de 90% do plasma sanguíneo - comprovado por exames de sangue) e permeabilizar o intestino delgado.
Na sequêcia reforçar os rins que irão trabalhar na limpeza de fígado.

 Abaixo colocando as limpezas indicadas nos livros da Hulda e algumas que recebi de amigos terapeutas. Existem várias opções de limpeza, inclusive mais simples e mais Brasil.

Alguns sintomas que podem indicar problemas na vesícula ou no fígado ·
- Dificuldade para digerir comidas oleosas:
- Sono e/ou peso após as refeições com comidas que contém gorduras (carnes, pequi, frituras, cozidos com óleo, abacate, etc.).
· Mau humor e irritabilidade freqüentes.
· Manutenção de uma alta taxa de glóbulos brancos (os leucócitos, dentre eles os eritrócitos, linfócitos e neutrófilos):
- Febre interna freqüente.
· Sistema imunológico deficiente contra infecções:
- Baixa capacidade de proteção do corpo.
- Retorno de sintomas de doenças.
O uso do Zapper já comprovou a diminuição de pedras no fígado e na vesícula evitando a retirada cirúrgica da vesícula biliar.

O texto que segue abaixo está no livro da Dra. Hulda Clark ("A Cura para Todas as Enfermidades") - pág 553 - relevem algum erro de tradução, tá?

O trabalho do fígado é produzir de 1 a 1½ litros de bile por dia.
O fígado é repleto de canais (dutos biliares) que levam a bile até um tubo mais largo chamado de "duto biliar comum".

A vesícula biliar está unida ao duto biliar comum e serve de reservatório para a bile que desce do fígado durante todo o dia. Quando as gorduras e proteínas que ingerimos chegam ao intestino delgado, a vesícula começa a se espremer até esvaziar-se totalmente em até 20 minutos, fazendo com que a bile seja empurrada até o intestino delgado.

A bile é um suco digestivo composto por mucos, pela bilirrubina direta (que vem da degradação das hemácias do sangue), sais biliares, colesterol e recitina.
Em muitas pessoas, incluindo crianças, o duto biliar está obstruido por cálculos biliares Algumas desenvolvem alergias ou reações na pele.

Quando a vesícula é examinada por exames de raio x, nem sempre se percebe a presença dessas pedras por serem muito pequenas e não estarem calcificadas.
Existe mais de meia dúzia de variedades de pedras biliares e a maioria tem cristais de colesterol como núcleo. Elas podem ser pretas, vermelhas, brancas, verdes ou marrons claro. As verdes têm esta coloração porque são cobertas de bile.

No núcleo de cada pedra há um aglomerado de bactérias, onde o Zapper beneficia, exterminando !! de acordo com cientistas, o que sugere que um pequeno grupo de parasitas mortos se acumularam a medida que as pedras se formaram.
Com o crescimento e o aumento da quantidade de pedras o fígado passa a produzir menos bilis. Imagine uma mangueira de jardim cheia de pedras. Muito menos água passaria por ela. Com isso menos colesterol abandonará o corpo e os níveis de colesterol poderão aumentar.

As pedras da vesícula, sendo porosas, podem armazenar uma série de bactérias, vírus e parasitas que passam normalmente pelo fígado causando os focos de infecção.

PREPARAÇÃO:
1)Vc. não deve limpar seu fígado com parasitas vivendo nele.
2) Faça o Zapper durante 4 semanas
3) Fazer o Zapper uma semana seguida antes dessa limpeza.
4) Recomenda fazer a limpeza dos rins antes da limpeza do fígado. Os rins, bexiga e trato urinário devem estar trabalhandocom eficiência para que possam realizar o processo de eliminação de qualquer substância indesejavel.
5) Antes da limpeza do fígado recomenda a limpeza dos dentes. A boca deve estar livre de metais e bactérias (eliminar as caries) e fazer o melhor trabalho possível de limpeza. Uma boca intoxicada pode trazer uma grande carga ao fígado.

Lembre-se:
Para melhores resultados e para evitar um mal-estar após o processo recomenda-se fazer antes a limpeza de parasitas com o uso do Zapper. Dessa forma o corpo já estará mais forte e as defesas maiores.

É importante beber bastante água e sucos para que todas as toxinas possam ser expelidas.

Essa limpeza é segura?
É muito segura. Minha opinião (Dra. Hulda Clark) está baseada em mais de 500 casos, incluindo pessoass de 70, 80 anos. Nenhuma teve que ir ao hospital ou relatou dores. Entretanto, pode-se sentir uma sensação de enfermidade por um ou dois dias após a limpeza embora em cada um destes casos a sequência indicada não tenha sido feita.

Por esse motivo as instruções colocadas em PREPARAÇÃO devem ser seguidas.

. Após a limpeza de pedras da vesícula e do fígado são esperados os seguintes resultados:
· Desaparecimento de crises hepáticas.
· Desaparecimento de alergias, dores nos ombros, nas partes superiores dos braços e nas costas, a cada limpeza.
· Aumento da energia para o dia a dia.
· Melhora da digestão.
· Melhora da saúde como um todo, já que a boa digestão é à base da boa saúde (após a limpeza, é uma boa fase para reflexões sobre a vida).

Abaixo estarei colocando texto enviado por uma amiga e na sequência texto do livro.

Costumo repassar coisas que vivenciei. Essa pesquisa repasso deixando claro que NUNCA fiz uma limpeza de fígado ou rim.

INGREDIENTES
- Sal amargo (ou Sulfato de Magnésio, Epsom salts ou MgSO4 + 7H2O) 4 colheres de sopa (60g).
- Água mineral (ou “água pura”) 3 copos (750ml)
- Ornitina - para evitar que tenhas uma noite de sono ruim - 4 a 8 cápsulas
- Azeite de oliva (extra virgem, primeira pressão a frio) ½ copo (125ml).
- Toranjas frescas - 1 grande ou 2 pequenas - espremidas devem devem preencher 2/3 a 3/4 de um copo.
Limão fresco (qualquer tipo de limão: china, galego, etc. – ou grapefruit) De 2 a 4 grandes (o suficiente para encher 2/3 de copo com suco, uns 180ml). Melhor lavar os limões antes com água quente por duas vezes e secá-los a cada vez. Essa parte em verde recebi de uma pessoa amiga.
Opcionais:
- Canudo ou “garrafinha de esportes” com tampa e canudo Para ajudar a tomar o óleo.

Escolha um dia como sábado para a limpeza para descansar no dia seguinte.
Não tome qualquer remédio, vitaminas ou pílulas que você puder ficar sem, pois eles podem atrapalhar o processo de limpeza.

Suspenda o programa para parasitas, as ervas e o Zapper 1 dia antes.
É importante salientar que não se aconselha fazer a limpeza enquanto o estado de enfermidade estiver muito agudo.

PARTE 1 - Café da manhã - Sugestões: Chás (menos de mate, preto, chocolate e café), evite ingerir pães (nem bolos nem biscoitos, porque contêm óleo), sucos de vegetais, de verduras ou legumes e mel. Isto fará com que a bile se acumule e aumente a pressão anterior (atrás), o que favorece a limpeza porque mais pressão significa empurrar mais pedras para fora. Também, mais bile descerá à vesícula e nela se acumulará.
PARTE 2 – Almoço - Faça um almoço leve, livre de qualquer gordura (ou seja, não coma leite, coalhada, ovos, carnes (por causa do colesterol), azeite, manteiga, queijos, margarinas, abacate, patês, requeijão, castanhas, nozes, amêndoas, etc.) e evite proteínas e produtos que contenham cafeína (café, chás, etc.).
Sugestões: a mesma acima.
PARTE 3 - Pausa de ingestão - às 14 horas - Às duas da tarde (14 horas) pare de comer ou beber. Se você quebrar esta regra você poderá se sentir muito mal mais tarde. Vamos preparar o sal amargo:
Misture 4 (quatro) colheres de sopa de sal amargo (todo o recomendado) em 3 copos de água (750 ml) em uma jarra. Misture bem e distribua todo o conteúdo em 4 copos.
Nota: Você pode acrescentar vitamina C em pó à água ou substituir a água por suco puro de limão ou de maças ou de grapefruit para melhorar o gosto.
PARTE 4 - Primeiro copo - às 18 horas
Beba o copo 1 da mistura de sal amargo que está na geladeira. Você pode bochechar com alguns goles de água após beber o sal amargo para lavar a boca. Se já não estiverem, deixe os limões (ou grapefruit) e o azeite fora da geladeira para ficarem à temperatura ambiente.
IMPORTANTE: Você pode ir ao banheiro a qualquer hora que tiver vontade, menos durante o repouso (após beber o óleo com limão).
PARTE 5 - Segundo copo - às 20 horas
Beba o copo 2 da mistura de sal amargo que está na geladeira. Você pode bochechar com alguns goles de água após beber o sal amargo para lavar a boca. Mesmo não tendo comido desde as 14horas, você não sentirá fome. Já é hora de se preparar para dormir; coloque tudo o que você precisa por perto porque o tempo com que os próximos passos são executados é fundamental para o sucesso da limpeza.
PARTE 6 - Preparando o copo de óleo e limão - às 21h45min
(Isso mesmo, às 15 para as 10h da noite ou pouco antes. Isto porque você terá que se deitar e repousar completamente às 22 horas) Separe meio copo de azeite de oliva (125 ml). Esprema os limões (ou use grapefruit) até encher ¾ de outro copo. Remova a polpa com um garfo ou passe por uma peneira ou coador. Deve restar pelo menos ½ copo. Misture o suco espremido com o azeite. Em uma jarra ou recipiente fechado (ou no liquidificador ou mixer de mão), tampe e chacoalhe bastante para misturar bem. Note que só o suco de grapefruit permite que a mistura fique homogênea, portanto talvez seja preciso mexer bem antes de beber a mistura. Agora vá ao banheiro uma ou mais vezes, mesmo que atrase a hora de tomar o óleo (às 22h), mas não passe mais de quinze minutos das 22 horas.
PARTE 7 - Bebendo o óleo - às 22 horas
Tome toda a mistura de óleo e limão. ATENÇÃO: Você deve beber o óleo estando em pé, não deitado.
Dicas para beber o óleo: Você pode ter dificuldade para beber o azeite com limão (e terá que beber até a última gota), portanto pode usar alguns artifícios:
· Bater no liquidificador ou mixer de mão para misturar bem (quem é que não gosta de um óleo com gostinho de limão?).
· Usar um canudo para evitar que o líquido passe pelas papilas gustativas.
· Tomar mais devagar (não passe de 5 minutos para tomar tudo; pessoas mais idosas ou doentes podem estender até 15 minutos).
· Alternar alguns goles com um pouco de mel.
IMPORTANTE: Não vá ao banheiro durante o repouso (até 1 hora e meia após beber o óleo com limão).
Deite-se imediatamente após beber o óleo. O quanto antes você deitar mais pedras sairão. Ao terminar de beber, dirija-se para a cama e deite na posição de costas e com a cabeça alta no travesseiro. Se não fizer isto poderá não expelir as pedras. Portanto, esqueça a cozinha e atenha-se ao dormir. Tente pensar sobre o que está acontecendo no fígado. Você poderá sentir as pedras caminhando pelos dutos biliares, mas sem dor porque as válvulas (esfíncteres) da vesícula e dos dutos biliares estarão abertas, graças ao sal amargo.
Tente ficar completamente parado na mesma posição (de costas) pelo menos por 1 hora (melhor se forem 2 horas imóvel). Esvaziar a mente e dormir é o melhor a fazer agora.
PARTE 8 - O dia seguinte e o terceiro copo - a partir das 6 horas (nunca antes)
Ao despertar tome o copo 3 de sal amargo, mas não antes das 6 horas da manhã. Se você tiver alguma indigestão ou náusea ao acordar, aguarde até que passe antes de beber. Após beber, pode voltar para a cama.
PARTE 9 - Quarto e último copo – 2 horas depois do terceiro - 8 horas
Tome o copo 4 do sal amargo. Se quiser, volte para a cama.
PARTE 10 – Comer! - 2 horas depois da última dose de sal amargo
Pode comer novamente. Comece com sucos de frutas ou 1 copo de clorofila. Depois de 2 horas, pode-se comer comida normal, mas prefira alimentos leves, de fácil digestão e com pouco ou nenhum tempero (principalmente condimentos).
Você deverá se sentir restabelecido ao final da tarde.
Nota: Alimentos bem leves são aconselháveis durante este dia. Afinal, quase todo o percurso dos intestinos (uns 5 a 7 metros) terá se esvaziado durante a limpeza.

Como saber quão boa foi à limpeza?
·
Espere por uma leve diarréia logo pela manha (talvez não imediatamente após acordar). Ela é necessária para que as pedras que desceram da vesícula possam ser expelidas para fora do corpo. ·
Pode-se usar uma lanterna para ver as pedras no vaso. Procure pela esverdeada, pois ela é prova de pedra biliar genuína - e não resíduos de comidas. Só a bile do fígado é verde como uma ervilha. O verde pode estar bem claro ou mais escuro (pedras formadas há mais tempo).
- Se quiserem ver melhor as pedras, coloque algum tipo de peneira de furos maiores (grossa) no vaso (acima da água). A diarréia fará com que as fezes passem diluídas pelos furos enquanto que as pedras ficarão na peneira.
- MAS É IMPORTANTE NÃO HAVER CONTATO COM AS FEZES PARA NÃO OCORRER NENHUMA CONTAMINAÇÃO.
- O melhor é visualizar e descartar o quanto antes. Use a peneira somente se tiver curiosidade.
- Algumas pessoas guardam as suas pedras. Porém, isto pode trazer conseqüências ruins. As pedras, geralmente, estão contaminadas, pois cerca de 50% das fezes são compostos de bactérias, microorganismos nocivos e podem conter até vermes! Não adianta usar luvas ou "proteção" porque alguns são menores do que os poros da luva e entram novamente no organismo pela pele.
- Algumas das pedras flutuam na água por causa do colesterol que há dentro delas. É a forma mais eficiente de contá-las. Conte-as mais ou menos, sejam amarronzadas ou esverdeadas.
- Geralmente, para que a pessoa se livre completamente de alergias, bursite e dores na parte superior das costas, cerca de 2 mil pedras terão que ser expelidas. Mas este número de pedras é o resultado da soma de algumas limpezas seguidas. A primeira limpeza talvez livre a pessoa de alguns sintomas por poucos dias, mas assim que as pedras da parte anterior do fígado começar a descer para frente, os sintomas retornam. Sugere-se fazer o uso do Zapper antes dessa limpeza na sequencia indicada pela Dra. Hulda ( ver no tópico sobre o zapper)
- Pode-se repetir a limpeza com intervalos de 2 semanas, pelo menos (sugerimos 20 dias a 1 mês). Nunca faça a limpeza quando estiver doente.
- Algumas vezes os dutos biliares estão cheios de cristais de colesterol que não se tornaram pedras arredondadas ainda. Elas parecem “farelos” que bóiam na água da evacuação, de coloração amarronzada e reunindo vários pequeninos cristais brancos. Retirar estes farelos é tão importante quanto retirar as pedras.
- São esperadas 50 a 200 pedras ou cristais por evacuação (entre pequenas e grandes; entre 1 milímetro e 2,5 centímetros).
PARABÉNS! Você deve ter removido suas pedras biliares sem cirurgia!

Talvez eu (Dra. Clark) tenha aperfeiçoado esta receita, mas não é meu o crédito pela sua autoria (criada e aperfeiçoada já há muito tempo, talvez centenas ou milhares de anos atrás por especialistas em ervas).
Este procedimento contradiz vários pontos de vista médicos. Acredita-se que as pedras biliares são formadas na vesícula biliar, não no fígado. Pensa-se que são alguns não milhares. Não as ligam às dores além daquelas que atingem a vesícula. E é fácil compreender o porquê disto:

Quando a dor aguda aparece, várias pedras já estão na vesícula e são grandes e suficientemente calcificadas para serem vistas nos raios-X e, claro, já causaram inflamações lá. Quando a vesícula é retirada, as dores se vão, mas outros sintomas como bursite e outras dores e problemas digestivos continuam.

A verdade é evidente: Pessoas que já tiveram a vesícula retirada cirurgicamente continuam expelindo várias pedras verdes cobertas de bile quando fazem esta limpeza e qualquer um que presta a atenção a estas pedras pode ver que os círculos concêntricos e cristais de colesterol batem exatamente com as fotos de pedras biliares que os livros médicos trazem.

Doenças hepáticas: visão metafísica
Sedimentações e Pedras dentro do corpo sempre são manifestações de energia petrificada.
Pedras na vesícula são impulsos fossilizados de agressividade.
As situações religiosas e/ou familiares se transformam numa obrigação da qual não tem coragem de se livrar; com isso, as energias se agregam e petrificam. Veja mais no tópico A Doença como Caminho

Quando surgem cólicas, a pessoa é obrigada a dar vazão a tudo aquilo a que não se atreveu antes: através de movimentação intensa e gritos, bastante energia estagnada volta a fluir.
A doença torna as pessoas honestas consigo mesmas.

Abaixo como está no livro:









































Ingredientes:

* Sales de Epsom: 4 cucharadas.
* Aceite de oliva: ½ taza (aceite de oliva liviano (light) es más fácil de tomar). Para mejores resultados debe ozonizarse por 20 minutos. Añada dos gotas de HCl.
* Pomelo rosa fresco: 1 grande o 2 pequeñas, suficiente para obtener 2/3 de taza de jugo.
* Ornitina: de 4 a 8 [cápsulas] para asegurar que usted duerma bien. ¡No omita esto o pueda que tenga usted la peor noche de su vida!
* Un sorbete grande: como ayuda para beber el aceite.
* Un recipiente de una pinta [medio litro] de capacidad, con su tapa.

Escoja un día como el sábado para la limpieza del hígado, ya que usted podrá descansar al día siguiente. No tome medicinas, vitaminas o píldoras de las cuales usted pueda mantenerse sin ingerir; éstas pudieran evitarle éxito. El día anterior cese el programa parasitario, y también las hierbas para los riñones. No ingiera grasas cuando desayune y almuerce, sino que aliméntese con comidas tales como cereal cocinado, fruta, jugo de fruta, pan, y conservas o miel (sin mantequilla o leche). Esto permite que la bilis se acumule y cree presión en el hígado. Una presión más alta empuja hacia afuera más cálculos.

14:00 . No coma o beba nada después de las 2 de la tarde. Si no cumple esta regla se podría sentir muy enfermo después. Tenga su Sales de Epsom listas. Mezcle las 4 cucharadas en 3 tazas de agua y vierta en una jarra. Esto hace 4 porciones de 3/4 de taza cada una.

18:00 . Beba la primeira toma de las sales de épson (3/4 de taza).

20:00. Beba la 2a. toma de las sales de épson (3/4 de taza). Usted no ha comido desde las dos de la tarde, pero no tendrá hambre. Haga sus quehaceres en preparación para acostarse. El ajustarse a este itinerario es de suma importancia para obtener el éxito.

21:45. Ponga la ½ taza (medida) de aceite de oliva en uma jarra. Exprima las toranjas quitando la pulpa com um tenedor, esto le dará de 1/2 13/4 de taza de jugo, puede agregar el jugo de un limón a la toranja si lo desea. . Añada esto al aceite de oliva y mézclelo fuertemente en la jarra hasta que se haga una solucion acuosa (sólo el jugo de toronja fresco, exprimido a mano hace esto). Vaya al bãno una o más veces, peró no esté mas de 15 minutos. vigorosamente hasta que se agüe (solamente el jugo fresco de pomelo hace esto).

22:00. Tómese la mezcla del aceite que preparó, usando un una pajita o cañitas de plástico para tragarla con más facilidad. Tome 4 cápsulas de Ornitina con los primeros buches para asegurar que usted duerma toda la noche.

Tome 8 cápsulas si sufre de insomnio. Puede usar aderezo de aceite y vinagre de ensalada, o miel pura, para matar el gusto entre buches. Tenga esto listo en una cuchara en el mostrador de la cocina. Si desea, llevárselo todo al lado de su cama, pero tomárselo de pie. Trague todo dentro de 5 minutos (quince minutos para los muy ancianos o personas débiles).

Acuéstese inmediatamente. Si no lo hace puede que no expulse algunos cálculos. Mientras más rápido se acueste, más cálculos le saldrán. De antemano esté listo para acostarse. No limpie la cocina. Tan pronto como el último buche baje camine hasta su cama y tumbaros plano boca arriba con su cabeza bien alta en una almohada. Trate de pensar lo que está pasando en su hígado. Trate de mantenerse perfectamente sin moverse por lo menos por 20 minutos. Puede que usted sienta una línea de cálculos viajar a través de los conductos biliares como bolas de mármol. No hay dolor porque los conductos biliares están abiertos (¡gracias Sales de Epsom!). Duerma; puede que no le salgan cálculos si no lo hace.

A La Mañana Siguiente. Cuando se despierte tómese su tercer dosis de Sales de Epsom. Si tiene indigestión o náusea espere hasta que se le pase antes de tomar las Sales de Epsom. Puede volver a acostarse. No tome esta porción antes de las 6:00 AM.

2 Horas Después. Tómese su cuarta (la última) dosis de Sales de Epsom. Puede regresar a la cama.

Después de 2 Horas Más usted puede comer. Comience con jugo de fruta. Media hora después coma fruta. Una hora después puede comer comida regular, pero manténgalo liviana. Ya para la cena se deberá sentir recuperado.

¿Como ha ido? Espere tener diarrea en la mañana. Use una linterna para encontrar los cálculos biliares en el inodoro. Busque los cálculos verdes siendo que ellos son prueba de que son cálculos biliares genuinos, y no residuo de comida. Solamente la bilis del hígado es verde como el chícharo (guisante). Las heces fecales se hunden en el fondo pero los cálculos biliares flotan porque tienen colesterol adentro. Cuente todos aproximadamente, tanto color crema o verdes. Usted necesitará haber expulsado un total de 2,000 cálculos [nota 7] antes que su hígado esté lo suficientemente limpio como para que a usted se le terminen permanentemente sus alergias, o bursitis, o dolores en el extremo superior de la espalda. La primer limpieza le quitará estos por unos días, pero cuando los cálculos posteriores en los conductos del hígado viajen hacia adelante, tendrá los mismos síntomas otra vez. Usted puede repetir la limpieza en intervalos de dos semanas. Nunca haga esta limpieza si está crónicamente enfermo. >Algunas veces los conductos biliares están llenos de cristales de colesterol que no se han formado en cálculos redondeados. Estos aparecen como "cascarilla" flotando en el agua del inodoro. Puede que sean de color crema, incrustados con millones de cristales blancos diminutos. Limpiarse de esta cascarilla es tan importante como expulsar cálculos.

¿Cuán confiable es la limpieza del hígado? Es muy confiable. Mi opinión está basada en más de 500 casos, incluyendo muchas personas en los setenta y ochenta años de edad. Ninguno fue al hospital; ninguno ni siquiera reportó dolor. Sin embargo, puede que usted se sienta bien enfermo por uno o dos días después, como en algunos casos donde eso sucedió, pero porque el programa parasitario no se hizo antes. Esta es la razón por la cual las instrucciones lo dirigen a que usted primero complete los programas para eliminar los parásitos y limpiar los riñones.

FELICITACIONES

¡Usted se ha sacado sus cálculos biliares sin cirugía! Yo quisiera pensar que he perfeccionado esta receta, pero ciertamente no puedo tomarme el crédito de su origen. Fue inventada hace cientos, sino miles, de años. ¡GRACIAS A USTEDES, HIERBEROS!

Este procedimiento contradice muchos puntos de vista de la medicina moderna. Se piensa que los cálculos biliares se forman en la vesícula, y no en el hígado. Se piensa que son pocos, no miles. No se hace relación con el dolor, si no hay ataques de la vesícula. Es fácil comprender porqué se piensa así: Para cuando se tiene ataques de dolores agudos, algunos cálculos están ya en la vesícula, son bastante grandes y están lo suficientemente calcificados como para verse en rayos-X, y han causado inflamación allí. Cuando se saca la vesícula los ataques agudos desaparecen, pero la bursitis y otros dolores y problemas digestivos continúan.

La verdad es evidente por sí misma. Las personas a quienes se les ha sacado la vesícula en cirugía todavía obtienen una gran cantidad de cálculos verdes, cubiertos de bilis, y todos los que se interesen en investigar esos cálculos pueden ver sus círculos concéntricos y cristales de colesterol que son idénticos a las fotos de "cálculos biliares" que aparecen en los libros de texto.


(De "The Cure for All Advanced Cancers", p. 562ff., Copyright)

Recebi de uma amiga essa outra opção de limpeza do fígado Obs. estou enviando texto que elaborei sobre a limpeza do fígado para divulgação em nossa casa e na comunidade.

PREPARAÇÃO PARA A LIMPEZA

· Sal-amargo (ou sulfato de magnésio, sal de epsom ou MgSO4 + 7H2O) - 3 colheres de sopa (60 g)

· Água mineral (ou água pura) - 3 copos (750 ml)

· Maçã (orgânica de preferência)

· Azeite de oliva (extravirgem, pressão a frio) - (200 ml)

· Limão fresco (qualquer tipo de limão, de preferência orgânico) - de 2 a 4 grandes ( 120 ml de suco)

· Canudo para ajudar a tomar o óleo.

· Café orgânico

· Material para fazer o enema (lavagem intestinal)



Dicas para beber o óleo

Se tiver dificuldade para beber o azeite com limão (e terá que beber até a última gota), use alguns artifícios: bata no liquidificador ou mixer de mão para misturar bem; use um canudo para evitar que o líquido passe pelas papilas gustativas; tome mais devagar (não passe de 5 minutos para tomar tudo; pessoas mais idosas ou doentes podem estender até 15 minutos); alterne alguns goles com um pouco de mel.

Deite-se imediatamente após beber o óleo. O quanto antes você deitar mais pedras sairão. Ao terminar de beber, dirija-se para a cama e deite na posição de costas e com a cabeça alta no travesseiro. Se não fizer isso poderá não expelir as pedras. Portanto, esqueça a cozinha e atenha-se ao dormir. Tente pensar sobre o que está acontecendo no fígado. Você poderá sentir as pedras caminhando pelos dutos biliares, mas sem dor porque as válvulas da vesícula e dos dutos biliares estarão abertas, graças ao sal-amargo.

Tente ficar completamente parado na mesma posição (de costas) pelo menos por 1 hora (melhor se forem 2 horas imóvel). Esvaziar a mente e dormir é o melhor a fazer agora.

Duas horas depois da última dose de sal-amargo, pode comer novamente. Comece com suco de frutas ou um copo de clorofila. Depois de 2 horas, pode comer comida normal, mas prefira alimentos leves, de fácil digestão e com pouco ou nenhum tempero (principalmente condimentos). Você deverá se sentir restabelecido ao fim da tarde.

Nota: Alimentos bem leves são aconselháveis durante este dia. Afinal, quase todo o percurso dos intestinos (uns 5 a 7 metros) terá se esvaziado durante a limpeza.



PROCEDIMENTO

Importante: que o sexto dia seja de lua cheia e não comer nenhum tipo de proteína.

Nos 5 primeiros dias tomar duas horas depois do desjejum e duas horas depois do almoço: 500 ml de suco de maçã com casca e semente.

No dia n.6 desjejum liquido ou jejum(preferência jejum todo o dia)

8h– suco de maçã

9h - Enema (lavagem intestinal)

12h - Almoço leve ou nenhum Não comer proteínas ou gorduras.

14h –suco de maçã.

15h - Enema (lavagem intestinal)

18h - tomar sulfato de magnésio dose n.1 (pode evacuar)

21h - tomar sulfato de magnésio dose n.2 (pode evacuar)

22h - Tomar 200ml azeite de oliva prensa frio orgânico misturado a 120ml de suco de limão. IMPORTANTE: Você pode ir ao banheiro a qualquer hora que tiver vontade, menos durante o repouso (após beber o óleo com limão). ATENÇÃO: Você deve beber o óleo estando em pé, não deitado. Empapar um pano com óleo de rícino e colocar s/fígado com bolsa de água quente por uma hora e dar soquinhos no fígado, depois que tomar o azeite oliva, (Fazer Reiki)

No dia n.7 Jejum

6h - tomar sulfato de magnésio dose n.3 e fazer enema (lavagem intestinal)

9h - tomar sulfato de magnésio dose n.4 e fazer enena (lavagem intestinal).

Preparar sulf mag.: 3 C. sopa de sal amargo em 3 copos de água, dividido em 4 doses.

Enema é feito com 1C. sopa de café org. em 200ml água, coar e acrescentar mais 800ml água fria.

Evacuar peneirando as feses para identificar as pedras. (são bolas gelatinosas e de cor verde claro as recentes e de cor verde escuro as mais antigas). Não tocar nas pedras nem com luvas pois estão totalmente contaminadas por bactérias e retornam para nosso organismo.

TOME MUITA ÁGUA DURANTE O RESTO DO DIA.


LIMPEZA dos RINS
La limpieza riñones de la Doctora Clark
Primera preparación - mezcla de raíces de hierbas :
Media confección de:
o Raíz seca de Hortensia (Hydrangea Arborescens)
o Raíz de Eupatorium Purpureum
o Raíz de Althea Officinalis

2 litros y medio de agua fría del grifo, meter las raíces en remojo por el menos 4 horas o la noche entera

Después se añade:
240ml de concentrado de cereza negra llevar a ebullición, entonces dejar hervir a fuego lento por 20 minutos

Cuando se haya enfriado lo bastante, beber 60 ml. Verter el resto en un contenedor de polietileno de alta densidad (HDPE) después de filtrar las hierbas con un colador de acero inoxidable. Dividir el liquido que sobra en dos partes: meter una en el frigorifico y la otra en el congelador.

Segunda preparación - agua de perejil:

4 manojos de perejil fresco - enjuagarlos dos veces en agua muy caliente

1 litro de agua

hervir por 3 minutos (a fuego fuerte)

Cuando se haya enfriado lo bastante, beber 60 ml. Dividir el liquido restante en dos partes: meter una en frigorífico (sobre medio litro) e la otra en el congelador:

Por tres semanas beber cada día:
180 ml de te de las raíces de hierba
120 ml de agua de perejil

20 gotas tinctura de vara de oro (omitir en caso de alergia)

Integradores para consumir antes de las comidas:
Jengibre- 1 no desjejum - 1 no almoço e 1 no jantar
Uva Ursi- 1 no desjejum e 2 no jantar
Vitamina B6- 1 no desjejum
Oxido de magnesio - 1 no jantar

Recomendaciones:

· La conservación en el frigorífico, cada tres días hacer hervir de nuevo el te de hierbas para esterilizarla. si la estabilizáis por la mañana, podéis llevarla al trabajo sin tener que refrigerarla de nuevo.
· Bebed el te en pequeñas dosis durante todo el día.Tenerla en el frío.No beberla toda de seguido o os producirá dolor de estómago y vejiga. si tenéis el estómago sensible, iniciar con media dosis.
· Después del primer hervor,conservar en el congelador las raíces coladas. Después de 13 días cuando hayáis terminado la primera parte, por la segunda vez hacer hervir estas raíces, pero añadiendo solo 1 litro y medio de agua, a fuego lento y por solo 10 minutos. El te que se obtiene os durar por 8 días, llevando el total por tres semanas de terapia.
· Después de tres semanas, repetid la operación con las raíces frescas restantes de la preparación. Para obtener buenos resultados se debería hacer la limpieza de los riñones por seis semanas, y todavía por mas tiempo para quien tenga problemas graves.

(De "The Cure for all advanced Cancers"; Copyright)


Limpe seus Rins

Os anos passam e nossos rins vão filtrando nosso sangue para remover o sal e outros intoxicantes que entram no organismo.
Com o tempo, o sal se acumula e precisamos de uma limpeza. Como fazer isso?
De um modo simples e barato:
Pegue um maço de salsa e lave bem. Corte bem picadinho e ponha em uma vasilha com água limpa.
Ferva por 10 minutos e deixe esfriar. Coe, ponha em uma jarra com tampa e guarde na geladeira.
Beba um copo todos os dias, e você vai perceber que o sal e outros venenos acumulados nos rins saem na urina.

Você vai notar a diferença!
Há muitos anos a salsa é reconhecida como o melhor tratamento de
limpeza dos rins. E é um remédio natural!

Sobre a Salsa

A salsa é uma das ervas com propriedades terapêuticas menos reconhecidas. Ela contém mais vitamina C do que qualquer outro
vegetal da nossa culinária (166mg por 100g).
Isso é três vezes mais que a laranja.

A salsa contém também ferro (5.5mg /100g), magnésio (2.7mg / 100g),
cálcio (245mg / 100g) e potássio (1mg / 100g) .

De acordo com o Padre Kneipp essa planta é um poderoso diurético, curando a retenção de água no organismo, sendo recomendada para pedra nos rins, reumatismo e cólica menstrual.
Sua alta concentração de vitamina C ajuda na absorção de ferro.
O suco de salsa, sendo uma bebida natural, pode ser tomado misturado com outros sucos, 3 vezes ao dia.
Um amigo comentou que seu pai tomava suco de salsinha nos dias de quimio e que quase não tinha os efeitos colaterais.
Para aqueles que estão enfrentando o cancer, sucos verdes são Muito bons. Ao fazer o Zapper sugere-se que nos intervalos se faça uso de 1 copo de água com bicarbonato ( 1 colher de café em 1 litro de água)

Recomendamos aos usuários do zapper tomarem um suco com salsinha por volta das 11horas. Falam tb muito bem dos sucos verdes com maça.Muitas são as boas opções que ajudam na cura né?  Desejando Tudo de BOM!!!

As folhas podem ser mantidas no congelador, e seu uso é recomendo na culinária diária, pois além de saudáveis, dão óptimo sabor a qualquer receita.